Augusto Aras arrow-options
Rousinei Coutinho/SCO/STF
Augusto Aras

O procurador-geral da República (PGR), Augusto Aras , nomeou a sobrinha de seu braço direito, o secretário-geral do Ministério Público da União Eitel Santiago, para um cargo comissionado (que não precisa de concurso) com salário de R$ 9.216,74.

Leia também: Guarda de parque morre após ser agredido por pedir para grupo parar de fumar

Isadora Santiago, sobrinha de Eitel, é formada em Relações Internacionais, e assume uma posição dentro da presidência do Conselho Nacional do Ministério Público, de acordo com a colunista Costança Rezende, do UOL .

Isadora é a quarta pessoa nomeada nesta gestão da PGR que possui um vínculo familiar ou afetivo com alguém da cúpula. A advogada Ana Laura Pires de Sá Espinola, que trabalhou com o pai de Aras, o advogado Vinícius Salomão de Aquino, amigo do filho de Eitel, e a advogada Fernanda Monteiro Bronzeado, filha de sua prima, também foram nomeados. 

Leia também: São Paulo tem 33 ruas que homenageiam personagens e datas da ditadura

Na última semana, a PGR havia afirmado que os cargos comissionados "são de livre nomeação e exoneração em todas as esferas da administração pública".

    Veja Também

      Mostrar mais