Ministro é criticado por críticas serem por posicionamento discordante
Renato Costa / FramePhoto / Agência O Globo - 28.8.19
Ministro é criticado por críticas serem por posicionamento discordante

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli , deu 15 dias para que o ministro da Educação, Abraham Weintraub , se manifeste sobre as críticas que ele fez à União Nacional dos Estudantes. A informação é da colunista da Folha de S. Paulo Mônica Bergamo.

No mês passado, a entidade estudantil entrou com um recurso na Corte pedindo que o ministro prestasse esclarecimentos sobre as ofensas, que foram publicadas no Twitter por Weintraub.

Leia também: Weintraub canta música de Roberto Carlos na volta de férias: 'Voltei para ficar'

Segundo a UNE, o ministro deu início a uma "batalha pessoal" contra entidade estudantis por conta da "discordância que assume em seu posicionamento político e administrativo".

Em um dos ataques de Weintraub publicados no Twitter, ele ironiza a perda de renda que a UNE passou a ter após a criação da carteirinha digital. "Por que algumas pessoas são contra a carteirinha digital? Porque a UNE ganha R$ 500 milhões por ano fazendo isso. A gente vai quebrar mais uma das máfias do Brasil, tirar R$ 500 milhões das mãos da tigrada da UNE", escreveu o ministro.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários