Tamanho do texto

Ministro da Educação usou trecho da canção para reforçar que não está de saída do governo. Havia a suspeita de ele seria demitido por Bolsonaro

Abraham Weintraub falando ao microfone arrow-options
Agência Brasil
Havia suspeita de que Abraham Weintraub deixaria o governo

O ministro da Educação, Abraham Weintraub , publicou um vídeo no Twitter nesta terça-feira (7) no qual ele canta uma música do cantor Roberto Carlos para reforçar que ele não está de saída do governo. Na publicação, Weintraub diz que conversou com o presidente Jair Bolsonaro, participou de uma live com ele e cita uma trecho da canção que diz que ele voltou "para ficar".

Durante o período de férias do ministro no mês passado, houve especulações de ele nem voltaria a assumir o cargo em 2020. A suspeita ficou maior no dia 12 de dezembro, quando foi publicada no Diário Oficial da União a demissão da principal assessora de Weintraub. Uma semana antes, outro funcionário, o presidente do Instituto Nacional de Pesquisas e Estudos Educacionais (Inep) do MEC, Alexandre Lopes, deixou de trabalhar.

Leia também: Weintraub culpa Lula por Pisa e garante: "Brasil vai sair do fundo do poço"

Enquanto viajava com a família, Weintraub também publicou fotos nas redes sociais sem barba e de boné, o que alimentou ainda mais os rumores sobre sua demissão. Nos bastidores do Congresso Nacional, circulavam comentários de bastidores de que Bolsonaro estava insatisfeito com o desempenho do ministro.

Apesar das suspeitas, no entanto, Bolsonaro chegou a dizer no mês passado que não pretendia fazer mudanças nos ministérios e elogiou Weintraub. O presidente ainda afirmou que o trabalho dele estava "excelente". "Olha a prova do Pisa. Foi feito em abril do ano passado, uma das piores notas do mundo todo", disse.