Decisão que concedeu liberdade ao ex-presidente Lula foi um dos assuntos mais comentados de 2019.
Gibran Mendes / CUT Paraná
Decisão que concedeu liberdade ao ex-presidente Lula foi um dos assuntos mais comentados de 2019.

Em ano de eleições municipais, o ex-presidente Lula mostra preocupação de que a incerteza sobre qual candidato do PT disputará a prefeitura de São Paulo gere brigas internas no partido. A informação é da coluna Painel, da Folha de S.Paulo.

Segundo a jornalista Mariana Carneiro, Lula pediu que o ex-candidato à presidência Fernando Haddad ficasse fora das eleições municipais para focar em questões nacionais, o que contrariou alguns membros do partido. Ele pediu, ainda, que o PT se mantivesse unido e gastasse energia com a campanha, e não com confusões dentro de casa.

Leia também: "Lula já é carta fora do baralho", afirma Bolsonaro sobre eleição de 2022

Diante de um PSDB com o nome de Bruno Covas já anunciado para disputar as eleições de 2020, o ex-presidente temeria, também, que o PT estivesse perdendo um espaço importante ao demorar a oficializar um nome para a disputa, intensificando internamente a pressa para escolha do candidato.

    Leia tudo sobre: lula

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários