Tamanho do texto

O aumento de possibilidade de posse e porte de armas para os brasileiros é uma das principais defesas do presidente desde a campanha eleitoral

Agência Brasil

Jair Bolsonaro olhando para cima arrow-options
Agência Brasil
Bolsonaro voltou a pedir que o porte de armas seja liberado no Brasil


Jair Bolsonaro pediu neste domingo (29) que o Congresso Nacional aprove a ampliação da posse e do porte de armas no país. Em postagem na rede social Twitter , o presidente relacionou o crescimento no registro de armas de fogo à diminuição do número de mortes.

Leia também: Na Bahia, Bolsonaro aproveita brecha em tempo nublado e vai à praia com a filha

“Registro de armas de fogo cresceu 50% no corrente ano, levando-se em conta o mesmo período de 2018. Segundo ‘especialistas’, o número de mortes deveria aumentar no Brasil, mas na prática caiu 22%. Dependo do Parlamento para ampliar o direito à posse/porte para mais cidadãos”, escreveu Bolsonaro .


O presidente da República está na Base Naval de Aratu, unidade da Marinha em São Tomé de Paripe, subúrbio de Salvador. Bolsonaro deixou Brasília na tarde de sexta-feira (27) para passar o recesso de fim de ano na capital baiana.

Leia também: Pagamento em dinheiro vivo feito por Flávio Bolsonaro é investigado pelo MP

Bolsonaro afirmou que a primeira-dama, Michelle Bolsonaro , não viajou porque deve passar por uma pequena cirurgia nos próximos dias.