Tamanho do texto

Ele deixou o presídio após habeas corpus concedido pelo ministro Napoleão Nunes Maia Filho, do Superior Tribunal de Justiça (STJ)

Ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho arrow-options
Junior Fernandes/Secom-PB
Ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho

O ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho deixou na noite deste sábado (21) a Penitenciária de Segurança Média Juiz Hitler Cantalice, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa. A saída dele foi determinada pelo ministro Napoleão Nunes Maia Filho, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), após pedido de habeas corpus.

Coutinho foi preso na última quinta-feira (19) após desembarcar no Rio Grande do Norte de uma viagem que ele fazia à Europa . Ele foi alvo da sétima fase da Operação Calvário, que investiga desvios de R$ 134,2 milhões na saúde e educação da Paraíba, sendo que a função dele seria a de atuar como chefe de organização criminosa.

Leia também: PSB defende a inocência do ex-governador Ricardo Coutinho

O ex-governador nega as acusações, e disse, na terça que "jamais seria possível um Estado ser governado por uma associação criminosa e ter vivenciado os investimentos e avanços nas obras e políticas sociais nunca antes registrados".

Ao desembarcar no terminal internacional de Natal na sexta, Coutinho já era aguardado por policiais federais, que o acompanharam até a sede da Polícia Federal em João Pessoa.