Tamanho do texto

Lula criticou Bolsonaro pelas acusações ao ator Leonardo DiCaprio, que de acordo com o presidente teria financiado os incêndios na Amazônia

Lula arrow-options
Paulo Guereta/Photo Premium/Agência O Globo
Lula participou de ato pela cultura no Rio

Em um ato pela cultura nesta quarta-feira (18) no Rio de Janeiro, o ex-presidente Lula criticou o governo de Bolsonaro e ironizou as críticas do presidente ao ator Leonardo DiCaprio, em que Bolsonaro havia acusado, sem provas, o ator de financiar ONGs que teriam causado incêndios na Amazônia

Leia também: Bolsonaro acusa DiCaprio de pagar ONGs para "tacar fogo" na Amazônia  

"Daqui a pouco vão dizer que sou filho do Leonardo DiCaprio", afirmou Lula, levando a plateia do evento a dar risadas. Na época da acusação de Bolsonaro ao ator, quatro brigadistas, membros de uma ONG ambiental em Alter do Chão, no Pará foram presos, acusados dos incêndios. Depois eles foram liberados por não haver provas consistentes contra eles. 

Leia também: Brigadistas ligados a ONG são presos suspeitos de incêndios em Alter do Chão

Lula também fez menção a um tuíte do humorista Fábio Porchat, em que este afirmava que "Bolsonaro não governa, ele se vinga". "É uma vingança a cada um de vocês, que trataram de gritar, gravar, cantar, grafitar e escrever: Ele não", afirmou o ex-presidente.


    Leia tudo sobre: Lula