Tamanho do texto

Caue Macris afirmou que ato deve ser publicado no Diário Oficial do Estado nesta sexta. Evento homenageando ditador chileno ocorrerá em dezembro

homem arrow-options
AP
Pinochet

O presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo ( Alesp ), Caue Macris (PSDB), assina nesta quinta-feira (21) um documento para impedir a homenagem proposta pelo deputado estadual Frederico D'Ávila (PSL) ao ditador chileno Augusto Pinochet.

Em publicação nas redes sociais, Macris disse que o ato assinado por ele será publicado no Diário Oficial do Estado na sexta-feira (22). O evento em homenagem ao ditador Pinochet está registrado na agenda oficial da Alesp e será realizado no dia 10 de dezembro, data de celebração do Dia Internacional dos Direitos Humanos.

Leia também: Assembleia Legislativa de SP fará homenagem ao ditador chileno Augusto Pinochet

No mesmo dia em que o presidente da Alesp anunciou o pedido de suspensão da homenagem ao ditador, o proponente da homenagem também se manifestou nas redes sociais. D`Ávila postou um convite para o evento e disse que “O Presidente Augusto Pinochet conduziu seu Governo de forma brilhante, impedindo que o cenário ditatorial e violador de direitos humanos Cubano e Soviético da época se instalasse no seio da sociedade chilena”.