Tamanho do texto

Em postagem nas redes sociais, major Vitor Hugo disse que criação de novo partido do presidente Bolsonaro poderá ser "melhor momento da República"

Vitor Hugo e Bolso arrow-options
Marcos Corrêa/PR
Líder do governo na Câmara, deputado Major Vitor Hugo, e o presidente Jair Bolsonaro

Neste domingo (17), o deputado federal Major Vitor Hugo (PSL-GO) usou as redes sociais para fazer um 'ataque' ao seu próprio partido, que vive momento conturbado desde que o presidente Jair Bolsonaro deixou a sigla. Segundo ele, a criação do 'Aliança pelo Brasil'  fez 'máscaras caírem' e pode representar o "melhor momento da República".

Leia também: Gato por lebre? Participantes de evento se revoltam por ausência de palestrante

"A depuração do PSL , que redundará na criação da Aliança pelo Brasil, é a melhor coisa que poderia ter acontecido. Máscaras caindo, interesses sendo desvendados; personalidades escancaradas. Viveremos o melhor momento da República a partir da criação do nosso novo partido", afirmou o deputado.

Anunciado no último dia 13, o ' Aliança pelo Brasil ' será o novo partido da família Bolsonaro e, ao que tudo indica, deve carregar também outros nomes, principalmente de deputados, que seguem no PSL. Com isso, a sigla tem seu futuro indefinido e pode até perde fundo partidário com a migração de parlamentares.

Nos bastidores, os apoiadores de Bolsonaro se movimentam para garantir que a sigla nasça rapidamente e possa participar já das eleições de 2020. Por isso, trabalham no processo de coleta de assinatura entre parlamentares, passo necessário para que o registro junto ao TSE aconteça.

Leia também: Pastor Malafaia aparece em áudio criticando Bolsonaro: "estou decepcionado"