Tamanho do texto

Ex-presidente agradeceu à solidariedade dos companheiros de partido e disse que, enquanto estava na prisão aprendeu a amar ainda mais os colegas

homem falando em microfone arrow-options
PT / Facebook
Lula falou pela primeira vez na executiva nacional após sair da prisão

O ex-presidente Lula falou nesta quinta-feira (14) pela primeira vez em uma reunião da executiva nacional do PT desde que saiu da prisão. Durante discurso, ele se emocionou ao relatar o apoio que recebeu de companheiros do partido durante o tempo em que passou em Curitiba.

“Eu não esperava tanto carinho, eu não esperava tanta solidariedade”, afirmou, em lágrimas, o ex-presidente Lula . Ele contou, ainda, que assistia a todas as reuniões do partido dias após a realização delas por meio de um pendrive e deu “bronca” em quem não prestava atenção nas falas da presidente Gleisi Hoffmann para usar o celular.

“A verdade é que nossa cabeça não consegue guardar duas coisas ao mesmo tempo. Ou ela presta atenção no que está vendo no celular, ou ela presta atenção no que a pessoa está falando”, alertou Lula.

Leia também: Gleisi defende Lula e diz que querem 'esterilizá-lo'

Durante fala, o ex-presidente ainda classificou o PT como o “mais importante partido de esquerda da América Latina” e disse que se questionou se os companheiros de partido tinham consciência disso.

Em tom de motivação, Lula ainda falou em tom de exaltação sobre políticas de inclusão do seu antigo governo, sobre acesso de jovens a universidades e intercâmbio e também sobre o Sistema Único de Saúde ( SUS ).

O discurso de Lula foi transmitido pelas redes sociais do PT na tarde desta quinta-feira.

    Leia tudo sobre: lula