homem sério
Reprodução/Youtube
O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) tem respondido de forma arisca aos jornais que produzem conteúdos sobre sua família ou escândalos envolvendo o PSL.

Orientações de advogados com receio da CPMI das Fake News podem ter motivado Carlos Bolsonaro a deletar as contas deles de redes sociais. Segundo o colunista Guilherme Amado, investigações sobre “milícias digitais” teriam acendido o alerta do aconselhamento jurídico do vereador.

A aproximação do depoimento de Joice Hasselmann na CPMI das Fake News e a votação da convocação de Carlos para depor sobre o assunto seriam os principais motivos de medo, segundo o colunista.

O colunista afirmou, ainda, que o próprio pai de Carlos Bolsonaro , Jair Bolsonaro, reclamou com o filho sobre comentários feitos por ele em relação ao Supremo Tribunal Federal, chegando a pedir que ele se retratasse.

Leia também: Contas de Carlos Bolsonaro nas redes sociais são excluídas

Com mais de um milhão de seguidores apenas no Twitter, Carlos Bolsonaro decidiu sair de todas as redes sociais na manhã da terça-feira (12). A princípio, as especulações foram de que ele tivesse ficado “irritado” com os conteúdos publicados na rede.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários