dois homens
Creative Commons
Ex-presidente Lula e ministro da Educação Abraham Weintraub

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, utilizou as redes sociais na manhã desta segunda-feira (11) para divulgar um trecho de 15 segundos do discurso do ex-presidente Lula em São Bernardo do Campo, afirmando que “o mal é a essência desse admirador confesso de Hitler e praticante do bestialismo”.

No trecho, a fala do ex-presidente diz “ver mais jovem de 14, 15 anos, assaltando e sendo violentado, assassinado pela polícia , às vezes inocente ou às vezes porque roubou um celular”. No comentário do ministro sobre o vídeo, ele aponta que: “A Polícia não assassina ou violenta (estupra) jovens de 14 ou 15 anos! Vejam os números! Essa é mais uma MENTIRA do sicofanta criminoso”.

Leia também: Ministro da Educação garante que segundo dia do Enem tem "zero de problemas"

Em poucos minutos, a publicação de Weintraub alcançou mais de 25 mil visualizações e mais de 1,1 mil reproduções. Com mais de 300 mil seguidores, Weintraub tem fama de ser irônico nas redes e é um dos ministros do governo Bolsonaro com maior popularidade no Twitter.

O trecho divulgado por ele na rede social faz parte de mais de 40 minutos de fala do segundo pronunciamento do ex-presidente Lula desde que ele saiu da prisão, na última sexta-feira (9).

    Leia tudo sobre: lula

    Veja Também

      Mostrar mais