Tamanho do texto

Ex-presidente foi solto por ordem da Justiça Federal do Paraná, depois de decisão do STF derrubar prisões após segunda instância

Coronel Tadeu falando no plenário da Câmara arrow-options
Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Coronel Tadeu disse que histórico de Lula "não deixa saudades"

Um dia após a saída da prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o deputado federal Coronel Tadeu (PSL-SP) usou sua conta oficial do Twitter, neste sábado (9), para desejar a morte de Lula.

"Não vejo a hora do Lula morrer. Não é discurso de ódio e sim de paz. O histórico desse sujeito não deixa saudades mas um exemplo para essa nação acordar dos males que sofreu", postou o deputado.

A publicação do parlamentar foi muito criticada nas redes e internautas cogitaram até o deputal estava incentivando o assassinato do petista.

Leia também: Manifestantes pedem volta de prisão em 2ª instância em ato na avenida Paulista

Mais cedo, o Coronel Tadeu postou ainda que faltam 307 assinaturas para aprovar a PEC da segunda instância do Congresso.

Em Brasília, deputados do PSL , o partido do presidente Jair Bolsonaro , movimentam-se para combater, via nova emenda à Constituição, a decisão do STF que proibiu o início do cumprimento da pena de réus que ainda não tiveram todos seus recursos esgotados.

    Leia tudo sobre: Lula