Tamanho do texto

Até mesmo ministro do TCU seria alvo da investigação da Polícia Federal, que cumpre mandados em endereços de supostos laranjas ligados a senadores

dois homens arrow-options
Edilson Rodrigues/Agência Senado
Renan Calheiros e Jader Barbalho deverão prestar esclarecimentos

A Polícia Federal cumpre na manhã desta terça-feira (5) uma série de mandados de busca e apreensão em endereços ligados a supostos laranjas e empresários que têm envolvimento com recebimento de propina da JBS.

Segundo o jornal O Globo, a busca é realizada em endereços de empresários e supostos laranjas que têm conexão com ao menos seis senadores e ex-senadores. Os políticos, por sua vez, foram chamados para prestar depoimento.

Leia também: O script da operação da PF que cercou Luciano Bivar

Entre os nomes dos parlamentares que teriam recebido propina estão Renan Calheiros, Jader Barbalho e Eduardo Braga . O ministro do Tribunal de Contas da União, ex-senador Vital do Rêgo, também seria alvo da investigação.

As investigações da PF foram iniciadas com a delação de executivos da empresa controladora da JBS, J&F. Os senadores teriam ganhado recursos da empresa na campanha de 2014. A operação é mantida em sigilo.