A deputada estadual Janaina Paschoal voltou a comentar sobre o governo de Jair Bolsonaro e fez críticas às polêmicas criadas pelo presidente "sem necessidade". Em entrevista à TV Cultura,  a advogada disse duvidar que um impeachment seja causado por motivo e crime, mas disse enxergar um risco de Bolsonaro não acabar o mandato.

Leia também: "Bolsonaro não é um homem de partido e não precisa do PSL", diz Janaina Paschoal

"Risco há. E nem acho que será por crime. Ele se circulou de pessoas que não o aconselham bem. Conseguimos a reforma da Previdência, tem bons ministros, mas ele já não é uma pessoa querida pelos formadores de opinião, então tem que tomar cuidado com as declarações, porque as pessoas cansam de polêmicas. Tem situações que ele cria conflito onde não precisa. Nem é só ele, é a família. Isso cria um caldo de cultura muito negativo", disse Janaina Paschoal .

A deputada lembrou, porém, que até o momento, nada do que tenha acontecido seja suficiente para um pedido de impeachment do presidente.

Janaina Paschoal é deputada estadual pelo PSL em São Paulo. Uma das responsáveis pelo pedido de impeachment de Dilma Rousseff em 2016, a advogada foi cotada para ser candidata a vice-presidente na chapa com Bolsonaro, mas recusou com a justificativa de que não poderia deixar São Paulo.

    Leia tudo sobre: impeachment

    Veja Também

      Mostrar mais