FHC
Reprodução/TV Globo
FHC

Em entrevista à revista Veja, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso falou sobre o presidente Jair Bolsonaro , sobre ex-presidentes da república e até mesmo sobre as possibilidades do apresentador Luciano Huck se tornar o novo rosto da direita no Brasil.

Segundo FHC , quando Bolsonaro era deputado federal ele era visto com preocupação por militares e tinha presença apenas na política corporativista. “Eu nunca o vi na vida, nem desejo”, afirmou.

A ascensão de Bolsonaro é creditada pelo ex-presidente à quantidade de negativas que ele afirmou durante campanha, contra corrupção, contra Lula e contra o crime organizado. "Quem votou no Bolsonaro votou com um pouco de medo", afirmou.

Leia também: FHC diz que Moro errou ao aceitar ministério: "não tem característica de líder"

FHC disse, ainda, que em comparação com Jair Bolsonaro, o ex-presidente Lula é um conservador que “não quebra instituições”. Já Dilma Rousseff, para o tucano, também não quebrava as instituições “mas era incompetente”.

Questionado sobre o flerte do apresentador Luciano Huck com a política, FHC foi categórico e lembrou que Huck precisa decidir se quer ser parte do entretenimento ou da política brasileira. “Celebridade recebe aplauso, líder político, dependendo do caso, recebe pedrada”, disse.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários