Tamanho do texto

Agora no PSDB, deputado federal é um dos ferrenhos críticos aos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro

Alexandre Frota e Carlos Bolsonaro arrow-options
Montagem
Deputado disparou crítica ao filho do presidente Bolsonaro após declarações


Desde que foi expulso do PSL por criticar Jair Bolsonaro, Alexandre Frota (PSDB-SP) não para de criticar os apoiadores do presidente. Desta vez, o alvo foi o filho do chefe do executivo, Carlos Bolsonaro (PSC-RJ).

Frota entrou na treta entre Carlos Bolsonaro e o senador Major Olímpio (PSL-SP). Ele falou para o filho do presidente assistir a um dos filmes pornôs que fez em sua carreira para "ficar calmo".

Leia também: "Se Bivar está queimado, Bolsonaro está carbonizado", diz Frota sobre presidente

“Esse cara não trabalha nunca. No início do ano estava de licença, aí, três meses depois, pediu licença de novo e repetiu agora na última operação do Pai. Agora, pediu licença de novo. Vai para casa Carlucho, assiste a um filme meu, toca uma e fica calmo. Abraços", escreveu Frota, no Twitter.

Agora no PSDB, Frota nunca foi próximo de Olímpio, tanto que chegou a ter discussões na internet com o senador, mas ficou ao seu lado desta vez. O major foi atacado nas redes sociais por Carlos Bolsonaro.




Com todo respeito ao Major Olímpio. Lembro exatamente como foi sua campanha para senador e dos detalhes no hospital, mas que fazem parte da vida pública. Fico estarrecido da maneira como este senhor trata o Presidente hoje!”

O comentário do filho do presidente veio após Olímpio afirmar que estava "perplexo" com o vídeo em que Bolsonaro diz para um apoiador "esquecer" do PSL, pois o mandatário do partido, o deputado federal Luciano Bivar (PSL-PE), estar "queimado para caramba".