Frota e Bolsonaro
Michel Jesus/ Câmara dos Deputados
Após declarações de Bolsonaro, Frtoa criticou o presidente.

Nesta terça-feira (8), Jair Bolsonaro pediu para que um apoiador esquecesse o PSL, partido ao qual o presidente é filiado. Além disso, Bolsonaro também afirmou que Luciano Bivar, presidente da legenda, está “queimado para caramba”.

Leia também: Relator da CPI do BNDES sugere indiciamentos de Lula e Dilma por favorecimentos

Depois das declarações, o deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP), que foi expulso do  PSL após atritos com Bolsonaro , afirmou não estar surpreso com a atitude do presidente da república. “Ele vai largar todo mundo e vai partir para outra”, afirmou Frota.

Para o deputado, a declaração de Bolsonaro mostra ingratidão do presidente com o próprio partido. “O partido deu uma oportunidade a ele, de ele ter uma legenda, se tornar presidente do país, e o Bolsonaro estava em um momento em que ninguém o queria, ninguém acreditava nele. Isso mostra quanto ele só pensa nele”, afirmou o deputado.

“Fico pensando naqueles deputados que dão a alma, lutam por ele, acham ele o cara mais honesto e íntegro e o defendem com unha e dentes, ouvem ele falar que o PSL não interessa e que o Bivar está queimado. Se o Bivar está queimado, o Jair Bolsonaro está carbonizado ”, completou Frota.

Leia também: Ministro do Turismo é convocado a explicar no Senado sobre laranjas do PSL

Por fim, o deputado culpou o presidente pelos problemas do partido, alegando que o presidente e sua família trouxeram problemas para a legenda. “Antes, ele era um partido pequeno, e se tornou essa potência de problemas que foram trazidos, a maior parte, pela família Bolsonaro ”, finalizou Frota.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários