Tamanho do texto

Além dos mandados cumpridos em Brasília, operação que investiga Fernando Bezerra Coelho e o filho dele, Fernando Bezerra Filho, por fraudes em obras no Nordeste brasileiro faz buscas nos estados de Pernambuco e na Paraíba

Homem de óculos e terno falando em púlpito na frente da bandeira do Brasil arrow-options
Geraldo Magela/Agência Senado
Senador Fernando Bezerra Coelho

Uma operação da Polícia Federal que investiga o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), um dos representantes do governo Bolsonaro no Senado, faz buscas no congresso na manhã desta quinta-feira (19).

Além do congresso, os mandados de busca são realizados em Pernambuco e na Paraíba . FBC e o filho dele, Fernando Bezerra Filho, são investigados por suspeita de envolvimento com desvio de dinheiro em obras de transposição do Rio São Francisco, realizadas durante o governo de Dilma Rousseff.

Leia também: Indio da Costa teria recebido R$ 30 mil mensais por indicação nos Correios

Não há, ainda, a informação de quantos mandados foram emitidos pela polícia. Em nota publicada à imprensa, a defesa de FBC e de Fernando Filho, representada pelo advogado André Callegari, afirmou que a investigação “causa estranheza”.

Ainda em nota, a defesa apontou que no caso do s enador , “A única justificativa do pedido seria em razão da atuação política e combativa do senador contra determinados interesses dos órgãos de persecução penal”. Já no caso do deputado, “A defesa ainda não teve acesso ao pedido e à decisão do ministro que autorizou as medidas, mas pode afirmar que as medidas são desnecessárias e extemporâneas”.