Silva Rodrigues
Reprodução/redes sociais
Silva Rodrigues já fez 29 viagens e acompanhou três presidentes

O sargento Manoel Silva Rodrigues vai prestar depoimento à Aeronáutica. Ele está preso na Espanha há mais de dois meses após  ser pego tentando desembarcar de um voo da FAB (Força Aérea Brasileira) em Sevilha com 39 kg de cocaína na mala. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo .

Silva Rodrigues  fazia parte da comitiva presidencial que ia para a reunião do G20 no Japão. Segundo o Estadão , o sargento será ouvido pelo coronel da Aeronáutica Linconl Ramos Hungria, responsável pelo Inquérito Policial Militar, que chega a Espanha esta semana para colher o depoimento.

Leia também: Bolsonaro pede "punição severa" a militar preso com cocaína em voo

O inquérito, na verdade, já foi encerrado e entregue ao Ministério Público Militar no mês passado. Ainda assim, o sargento será ouvido. Ele deve responder por tráfico de drogas.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários