Alckmin
Ciete Silvério/Divulgação - 6.9.18
Ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB)

O governo de São Paulo gastou cerca de R$ 3 milhões de dinheiro público em um viaduto que liga uma estrada a uma fazenda no litoral norte do estado, propriedade do grupo Serveng. A obra foi feita durante a administração de Geraldo Alckmin (PSDB) no governo do estado (de 2011 a 2018). As informações são da Folha de S.Paulo

Leia também: Em rede social, Bolsonaro diz que sempre buscou diálogo com líderes do G7

O viaduto foi construído em uma obra chamada Nova Tamoios Contornos, na estrada que vai ligar Caraguatatuba ao porto de São Sebastião. Licitada em 2012, a rodovia está sendo construída pela Serveng e pela Queiroz Galvão, duas empreiteiras investigadas por corrupção na Operação Lava Jato .

De acordo com o jornal, o viaduto não tem nenhuma utilidade pública, já que liga a estrada a uma propriedade particular da Serveng, que não pode ser acessada por qualquer um. A obra da rodovia está parada desde julho do ano passado após as empreiteiras acusarem o governo de não respeitar o contrato. O governo estadual, por sua vez, afirma que as empresas abandonaram o projeto. Além disso, a estrada tinha sido licitada por R$ 1,32 bilhão, mas deve ultrapassar o valor de R$ 3,2 bilhões. 

Leia também: Possível veto no Senado pode fazer Bolsonaro recuar sobre indicação de Eduardo

O secretário de Logística e Transportes Laurence Casagrande disse, por meio de seu advogado, que não se lembra da construção desse viaduto , mas afirmou que não há irregularidades. De acordo com a defesa, a estrada é fechada, mas o jornal afirma ter conseguido acessar a fazenda direto pela rodovia. O ex-governador não quis se manifestar. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários