Tamanho do texto

Reação contra ex-PSL é 'preconceito', de acordo com o presidente do PSDB. Pedido havia sido feito pelo ex-mandatário nacional do partido, José Aníbal

Doria, Frota e Araújo arrow-options
Alexssandro Loyola / PSDB na Câmara - 20.8.19
João Doria, Alexandre Frota e Bruno Araújo após apresentação do ex-PSL à bancada do PSDB

O presidente nacional do PSDB , Bruno Araújo, disse nesta terça-feira (20) que o pedido de impugnação da filiação ao partido do deputado federal Alexandre Frota, apresentado em São Paulo , já foi arquivado. Ele qualifica a reação contra o novo filiado como "preconceito".

"São preconceitos que vão sendo supridos ao longo do tempo", afirmou. O pedido foi entregue nesta segunda-feira (19) pelo ex-presidente nacional do partido, José Aníbal, e o ex-presidente estadual Pedro Tobias à Executiva Nacional, e arquivado no mesmo dia. Araújo admite que ele mesmo tinha preconceito contra Frota , recém-expulso do PSL, mas não quis especificar o motivo.

"Você imagina (o tipo de preconceito), você sabe tanto quanto eu. Eu assumi esse preconceito e tenho dito isso publicamente. Até tive uma conversa longa com ele (Frota) e vi que ele tem um nível de informação. Ele é melhor do que se imagina", disse.

Leia também: Doria volta a defender saída de Aécio do PSDB na véspera de decisão do partido

O presidente tucano participou de uma reunião de apresentação de Frota à bancada do PSDB na Câmara dos Deputados nesta terça-feira ao lado do governador de São Paulo, João Doria , e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

O presidente da Câmara disse, ainda, que DEM e PSDB estão juntos e continuarão assim nas próximas eleições, tanto municipais quanto federais. Qualificou Doria como um "ótimo nome" para concorrer à Presidência.

"PSDB e DEM estarão juntos em 2020, estarão juntos em 2022. Nada diferente do que vem acontecendo desde a primeira eleição do presidente Fernando Henrique. Estaremos cada vez mais próximos e mais fortes", ponderou.

Leia também: Fim das coligações pode unir PSDB e DEM, afirma Rodrigo Maia

Carlos Sampaio (SP), líder da sigla na Câmara, também estava presente na reunião e frisou o "interesse em defender nossa nação" de Frota.

"Todos aqui se surpreenderam com a postura do Alexandre Frota quando assumiu como deputado federal. O equilíbrio com que tratou os temas de interesse nacional, a forma como se dedicou e se debruçou sobre assuntos de relevância nacional", salientou Sampaio.