Tamanho do texto

Foram expedidos um mandado de prisão preventiva, cinco mandados de prisão temporária e outros 33 mandados de busca e apreensão

Lava Jato arrow-options
André Richter / Agência Brasil
PF deflagra 62ª fase da Lava Jato e mira doações eleitorais do Grupo Petrópolis

Agentes da Polícia Federal (PF) saíram às ruas, nesta quarta-feira, para cumprir 39 mandados em 15 cidades do país, na 62ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Rock City. A nova etapa investiga o pagamento de propina em forma de doações eleitorais realizadas pelo Grupo Petrópolis.

Leia também: Número de mortos em massacre em Altamira sobe para 58

A PF informou que os agentes cumprem um mandado de prisão preventiva e cinco mandados de prisão temporária. Segundo reportagem do Bom Dia Brasil, os presos serão levados para Curitiba, no Paraná, onde estão detidos a maioria dos condenados na Lava Jato . Há foram expedidas 33 ordens de busca e apreensão.

A investigação apontou que o Grupo Petrópolis teria ajudado a empreteira Odebrecht a pagar propina por meio da troca de reais no Brasil por dólares em contas no exterior. Esta transação é conhecida como "operação dólar-cabo".

Leia também: Witzel diz que fará convênio para retirar moradores das ruas do Rio

A PF suspeita que empresas offshores relacionadas ao Grupo Odebrecht faziam no exterior transferência de valores para offshores do Grupo Petrópolis. Os mandados da nova fase da Lava Jato foram expedidos pela pela 13ª Vara Federal de Curitiba.