Tamanho do texto

Presidente não se compromete com escolha de um dos nomes da relação, entregue formalmente ao Planalto; saiba quem compõe a lista tríplice

Bolsonaro
Isac Nóbrega/PR
Bolsonaro recebe lista tríplice para PGR e diz que vai decidir "sem pressa"

O presidente JairBolsonaro receb eu na tarde desta sexta-feira o resultado da lista tríplice para o comando da Procuradoria-Geral da República (PGR ), mas não se comprometeu com a escolha de um dos nomes.Bolsonaro disse ainda que irá decidir “sem pressa”. 

Leia também: Moro se defende após a divulgação de novos vazamentos: "Sensacionalismo"

A lista foi entregue formalmente a Bolsonaro pelo presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), Fábio George, em reunião no Palácio do Planalto. Na conversa, George relatou a história da lista tríplice e a importância do instrumento."Ele ( Bolsonaro ) disse que está analisando com muita responsabilidade, com muita cautela, sem pressa, que reconhece que é um dos cargos mais importantes da República e que a pessoa que vier a exercê-lo precisa ter qualidades muito fortes", afirmou Fábio George, após a reunião.

A lista tríplice é formada por uma votação interna dos procuradores do Ministério Público Federal (MPF) e tem sido respeitada desde 2003 pelos presidentes da República na escolha do cargo de PGR . Constitucionalmente, porém, Bolsonaro pode escolher nomes de fora da lista, respeitando critérios como tempo de serviço.

Compõem a atual lista, por ordem de votos, o subprocurador Mário Bonsaglia, a subprocuradora Luiza Frischeisen e o procurador regional Blal Dalloul. Além deles, porém, a atual procuradora-geral, Raquel Dodge, e o subprocurador Augusto Aras correm por fora na disputa pela indicação ao cargo, mesmo sem terem concorrido à lista.

Leia também: Faustão deu dicas para Moro e procuradores da Lava Jato, segundo vazamentos

Até agora, Bolsonaro tem dado declarações de que não se sente obrigado a respeitar a lista tríplice. O instituto, porém, é defendido por alguns auxiliares jurídicos do presidente.