Tamanho do texto

Presidente da Câmara e o líder do governo na Casa estão rompidos desde o fim de maio e voltaram a se estranhar em discussão sobre termos da reforma

Rodrigo Maia
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia está rompido com o líder do governo desde maio

O clima voltou a ficar pesado entre o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o líder do governo na Casa, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO). De acordo com a jornalista Andréia Sadi, da TV Globo , o democrata se irritou na noite dessa quarta-feira (3) com abordagem do parlamentar exigindo engajamento de Maia por alterações no texto da reforma da Previdência .

Major Vitor Hugo disse que foi autorizado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) a negociar mudanças nas regras para a aposentadoria de policiais federais no texto em discussão na comissão especial – ponto que tem provocado divisões na base aliada do governo . Segundo Sadi, o deputado então "exigiu" que Rodrigo Maia trabalhasse pela alteração do texto, no que o democrata respondeu: "Aqui você não manda. Quem manda na Câmara são os deputados".

Maia e Major Vitor Hugo  não se dão bem há tempos. O  presidente da Câmara já havia decidido, ainda no fim de maio, romper as relações com o líder do governo por conta de provocações do deputado em grupos do WhatsApp. Desde então, a interlocução entre o Planalto e o democrata tem sido, quase sempre, deixada a encargo da líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP).

Leia também: Quem é Major Vitor Hugo, o "zero um" do Exército e aprendiz no Congresso