Tamanho do texto

'Da última vez que um presidente foi vaiado em estádio, o governo caiu em seguida', escreveu o presidente nacional do Psol, Juliano Medeiros

Bolsonaro
Reprodução/Twitter
Bolsonaro é vaiado e também aplaudido durante jogo do Brasil contra a Argentina no Mineirão

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), compareceu ontem ao confronto entre as seleções do Brasil e da Argentina , pela Copa América. O jogo, que aconteceu na noite desta terça-feira (2), vem pautando as redes sociais na manhã desta quarta (3). Isso porque, durante sua visita ao estádio do Mineirão, Bolsonaro foi vaiado e aplaudido pelos torcedores.

A manifestação mais intensa sobre a presença do presidente ocorreu durante o intervalo entre o primeiro e o segundo tempo, quando Bolsonaro resolveu fazer uma espécie de volta olímpica com a comitiva que o acompanhava. O presidente desfilou no gramado, acenando para o público, e exibindo uma bandeira do Brasil.

A volta olímpica, porém, não foi concluída. Bolsonaro recebeu vaias a aplausos, além de ter sido recebido sob gritos de "mito", mas não cumprimentou todos os torcedores que ali estavam. Nas redes sociais, os apoiadores do presidente falaram sobre os aplausos. Já a oposição ressaltou as vaias .

Leia também: Aprovação do governo Bolsonaro cai e se iguala à reprovação, aponta Ibope

"Bolsonaro é vaiado no Mineirão, durante jogo entre Brasil e Argentina . Da última vez que isso aconteceu, o governo caiu em seguida", escreveu o presidente nacional do Psol, Juliano Medeiros.

O presidente chegou a publicar um vídeo que mostra o carinho de parte da torcida para com ele, mas acabou recebendo outra investida de Medeiros. O presidente nacional do Psol aproveitou a deixa para comentar a baixa aprovação de Bolsonaro segundo as últimas pesquisas.

"Cara, você é um ególatra. Se fosse presidente, jamais usaria minhas redes pra isso. Você foi VAIADO essa noite, seu governo tem 30 e poucos porcento de aprovação. Deixe de ser fanfarrão e vá governar", escreveu Medeiros. Em resposta, Bolsonaro foi categórico. "Fica calmo. Um forte abraço!", escreveu.

Leia também: Bolsonaro vira meme após 'se comparar' à rainha da Inglaterra; veja os melhores