Tamanho do texto

Agentes também entregaram intimações para que outros filhos fossem à DP

Flordelis
Fernando Frazão/Agência Brasil
Em entrevista, deputada Flordelis afirmou que justiça precisa ser feita

Policiais da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI) foram, na tarde desta quinta-feira, à casa da deputada federal Flordelis (PSD) para fazer uma nova perícia no carro do pastor Anderson dos Santos, 41 anos, morto a tiros no último fim de semana.

Leia também: Flordelis recebeu profecia da morte de pastor, mas desdenhou: "Profetiza do cão"

Os agentes também entregaram mandados de intimação de depoimentos a outros filhos da parlamentar. Segundo fontes da investigação, os agentes queriam levar o carro da pastora para a DHNSGI. Um dos advogados da deputada , no entanto, negou o pedido alegando que os agentes não tinham mandado de apreensão do veículo, um Honda Accord. A deputada Flordelis acompanha a ação junto a advogados e uma assessora.

O Honda Accord foi o carro usado por Anderson do Carmo e Flordelis para irem em um evento em São Francisco, também em Niterói. Imagens de câmeras de seguranças flagraram o veículo entrando na casa do casal minutos antes do pastor ser executado. Também foi no automóvel que Flavio dos Santos socorreu o pai para o Niterói D’or. Segundo a polícia, o carro apresenta duas marcas de tiro.