Tamanho do texto

Líder do PSL no Senado saiu em defesa do ministro após escândalo: "Em nada ele está ferindo qualquer preceito constitucional ou jurisdicional", afirmou

Major Olímpio
Pedro França/Agência Senado - 23.4.19
Major Olímpio, líder do PSL no Senado, saiu em defesa do ministro Sergio Moro após a divulgação de mensagens

O líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP), saiu em defesa do ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, em mensagem publicada nas redes sociais nesta segunda-feira (10), dia seguinte à  divulgação de conversas entre o ex-juiz da Lava Jato e integrantes da força-tarefa da operação.

"Depois que eu vi esse material, eu cheguei a uma conclusão: o juiz Sergio Moro é melhor ainda do que eu imaginava", exaltou Major Olímpio . "Ele é gente de carne e osso. Pode ter um relacionamento de ordem pessoal com os procuradores. Em nada está ferindo qualquer preceito constitucional ou jurisdiscional", defendeu.

Leia também: "Conversa privada é conversa privada", diz Mourão sobre mensagens de Moro

Leia também: Bretas defende Moro e insinua edição de mensagens: "Criminosos não têm ética"

Nas mensagens publicadas pelo site The Intercept , Moro aconselha o coordenador da força-tarefa de Curitiba, Deltan Dallagnol, a inverter a ordem de fases da operação e chega a sugerir encaminhamentos que possam incriminar réus investigadados pelos crimes na Petrobras.

Para o líder do PSL no Senado, a divulgação das mensagens faz parte de estratégia para "acabar" com as investigações. "Como estão querendo acabar com a Lava Jato, estão tentando diminuir a figura de Sergio Moro e dos procuradores para tentar dizer: 'Olha, ninguém fez nada. Aquele monte de políticos e de empreiteiros que estão presos não fizeram nada, são todos anjinhos'. Conversa mole. Parabéns juiz Moro, parabéns aos procuradores da Lava Jato ", afirmou o senador.

Leia também: PDT quer abrir CPI no Congresso para apurar conversas entre Moro e Dallagnol

Por fim, Major Olímpio  aconselha os opositores a "mudarem de estratégia". "O tempo de cadeia virá para todos, eu não tenho a menor dúvida. A cana vem dura mesmo. Quem roubou está sendo punido verdadeiramente. Não vamos com essa conversa mole não para tentar denegrir a imagem de um juiz que mudou a história do Brasil. Aonde aqueles intocáveis que se imaginavam acima da lei foram alcançados por ela", bradou o senador.