Tamanho do texto

Projeto prevê que feriados que caírem entre terças e sextas-feiras sejam transferidos para as segundas; medida evitaria pontos facultativos

Senado
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Se for aprovado no Senado, projeto de lei segue para análise na Câmara dos Deputados

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal aprovou nesta terça-feira (4) o Projeto de Lei 309/2016, de autoria do senador Dario Berger (MDB-SC), que transfere feriados que caírem entre terça e sexta-feira para as segundas.

Leia também: Conheça as mudanças nas regras de trânsito propostas por Bolsonaro

A nova legislação evitaria a determinação de alguns pontos facultativos, geralmente nas segundas e sextas-feiras, quando os feriados  caem nas terças ou quintas.

Após a aprovação no Senado , se não houver recurso para a análise de algum item do texto no Plenário, o projeto será encaminhado para a Câmara dos Deputados.

O projeto estabelece exceções. A comemoração de alguns dias festivos será mantida nas datas originais. São eles:

  • 1º de janeiro (Confraternização Universal)
  • Carnaval
  • Sexta-Feira Santa
  • 1º de maio (Dia do Trabalho)
  • Corpus Christi
  • 7 de setembro (Dia da Independência)
  • 12 de outubro (Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil)
  • 25 de dezembro (Natal).

Leia também: Senado aprova lei que aumenta penas para transporte irregular de passageiros

O senador Dario Berguer justifica no texto original que o objetivo central do PL é minimizar dados que feriados podem causar "ao funcionamento de empresas, aos emprego dos trabalhadores e à arrecadação dos Governos de todos os níveis da federação". O parlamentar defendeu ainda que "é quase uma tradição de nosso povo estender esses feriados, o que acaba por comprometer o trabalho nos dias úteis que se lhes seguem".