Tamanho do texto

"Saldo positivo", comentou hoje o presidente sobre a votação no Senado que manteve redução de ministérios, mas tirou Coaf das mãos do ministro

Jair Bolsonaro sorrindo
Marcos Corrêa/PR
Presidente Jair Bolsonaro fez apelo para que senadores não alterassem texto da reforma administrativa

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) celebrou, em mensagem publicada no início da tarde desta quarta-feira (29) nas redes sociais, a votação do Senado que chancelou os termos firmados pela Câmara para a MP 870 , a medida provisória que manteve a redução do número de ministérios de 22 para 29.

"Redução dos ministérios mantida. Saldo positivo! Demos um passo importante para a redução do estado, compromisso que assumimos desde o início. Parabéns a todos pela consciência do momento de mudança e renovação que estamos vivendo", escreveu Bolsonaro em seu Twitter.

Leia também: "Com a caneta, eu tenho muito mais poder do que você", diz Bolsonaro a Maia

A reforma administrativa aprovada no Congresso chancelou a primeira ação tomada pelo presidente, em janeiro, mas impôs derrota ao ministro da Justiça e Segurança, Sérgio Moro , ao tirar de suas mãos o Conselho de Controle de Atividades Financeiras ( Coaf ) e enviar o órgão ao Ministério da Economia.

Após as manifestações de domingo (26), quando Moro foi um dos nomes mais celebrados pelos apoiadores do governo, parte da bancada do PSL decidiu apoiar a manutenção do Coaf sob a pasta da Justiça, conforme desejava o ex-juiz da Lava Jato. Bolsonaro, no entanto, enviou carta ao Congresso para pedir que a MP fosse aprovada sem alterações, temendo que o texto expirasse e toda a reforma administrativa acabasse desfeita. O prazo para a medida provisória caducar era até 3 de junho.

A votação que bateu o martelo sobre as mudanças na estrutura do governo se deu no plenário do Senado na noite dessa terça-feira (28), após mais de três horas de discussões, por 70 votos a 4. O texto agora aguarda sanção do próprio presidente Bolsonaro .

Leia também: De surpresa, Bolsonaro caminha à Câmara e prestigia homenagem a humorista do SBT