Tamanho do texto

Ministros querem discutir proposta para aumentar a pena de líderes religiosos, professores e profissionais da saúde que cometerem abuso

Sérgio Moro e Damares
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Damares e Sérgio Moro vão discutir propostas para aumentar a pena em casos de abuso

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, e o ministro da Justiça, Sérgio Moro, se reúnem nesta segunda-feira (6) com os responsáveis pelas investigações que resultaram na prisão do médium João de Deus . O encontro tem como objetivo discutir penas mais duras para líderes religiosos que cometerem abuso. 

Damares e Moro recebem nesta tarde integrantes do Ministério Público de Goiás. A ministra, que foi vítima de um pastor quando era criança, afirmou que os projetos também devem ser focados em professores, profissionais da saúde e parentes. 

"Vamos em busca de políticas efetivas na repressão ao abusador, especialmente quando houver relação de confiança. Líderes religiosos - mas também educadores, profissionais de saúde e parentes - devem pagar mais caro pela ousadia de tocar em nossas crianças", escreveu nas redes sociais. 

Leia também: Damares demite secretária por "nomeações de esquerda e improdutividade"

De acordo com o jornal O Estado de São Paulo , Damares é a idealizadora do projeto e o texto deve ser apresentado até o dia 18, Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes.