Lula deve conceder entrevista nesta sexta-feira (26)
Ricardo Stuckert
Lula deve conceder entrevista nesta sexta-feira (26)

A Superintendência da Polícia Federal do Paraná pediu a presença de uma plateia de jornalistas e convidados, por ela própria, na entrevista que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concederá nesta sexta-feira (26) aos jornais El País e Folha de S.Paulo , informou nesta quinta-feira (25) a defesa do petista por meio de nota. O ato, ainda segundo a defesa, é um desrespeito ao Supremo Tribunal Federal (STF).

A determinação da PF, de acordo com a defesa de Lula , também desrespeita o trabalho dos jornalistas e veículos de comunicação que conseguiram autorização para a entrevista há oito meses, na época das eleições 2018. O delegado da PF, Luciano Flores de Lima, que assina a ordem, diz que os convidados não poderão fazer perguntas ao ex-presidente.

"A decisão viola primeiro a decisão do Supremo, já que as entrevistas devem acontecer com anuência do ex-presidente, e também os jornalistas, a prática e a ética jornalística ao permitir que profissionais de outros veículos assistam entrevistas exclusivas para outras publicações e publiquem antes uma entrevista pela qual os outros veículos lutaram na justiça por meses", disse a assessoria do petista.

As entrevistas estavam suspensas desde setembro por decisão do ministro do STF Luiz Fux. No último dia 18, no entanto, o presidente da corte, ministro Dias Toffoli,  revogou e autorizou que o ex-presidente fale aos jornais.

Toffoli entendeu que não há qualquer motivo para os jornais serem impedidos de entrevistar Lula , preso desde o dia 7 de abril de 2018. O ministro ressaltou que a Superintendência da PF precisava ser avisada antecipadamente para evitar maiores deslocamentos e garantir a segurança de todos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários