Documento enviado pelo Ministério da Agricultura alerta servidores sobre protesto
Reprodução
Documento enviado pelo Ministério da Agricultura alerta servidores sobre protesto

Um documento oficial do Ministério da Agricultura divulgado pela rádio CBN mostra um comunicado alertando os servidores sobre o protesto indígena que acontece em frente à Espalanda dos Ministérios nesta quarta-feira (24).

Leia também: Carlos Bolsonaro ignora pedido de trégua do pai e volta a atacar Mourão na web

De acordo com o documento, os funcionário devem "redobrar a atenção" por conta do protesto . O comunicado ainda sugere que funcionários optem pelo transporte coletivo e não estacionem os carros próximos ao acampamento. Ainda de acordo com o e-mail enviado aos servidores, há risco de "invasão de prédios" e "ameaças" aos funcionários públicos.

O memorando ainda libera do ponto eletrônico os funcionários com dificuldade de locomoção ou portadores de necessidades especiais.

Você viu?

O Acampamento Terra Livre ocorre há 15 anos perto do Dia do Índio, que é comemorado na próxima sexta-feira (26), acontece nos dias 24 e 25 deste mês. São cerca de 2 mil manifestantes acampados em frente à Esplanada dos Ministérios e, entre as reinvindações, está a demarcações de terras para os povos indígenas .

Na última quarta-feira, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro , autorizou o uso da Força Nacional na região da Praça dos Três Poderes e da Esplanada dos Ministérios.

A publicação, assinada por Moro, informa que o pedido foi feito pelo ministro general Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) para preservação "da ordem pública, da incolumidade das pessoas e do patrimônio, na defesa dos bens e dos próprios da União".  

Apesar da tensão com os manifestantes indígenas, que são críticos do governo Bolsonaro, o protesto segue sem confrontos.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários