Carlos Bolsonaro compartilhou críticas de Olavo de Carvalho aos militares
Reprodução/TV Globo
Carlos Bolsonaro compartilhou críticas de Olavo de Carvalho aos militares

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), segundo filho de Jair Bolsonaro,compartilhou, em seu perfil no Twitter, um vídeo em que o filósofo Olavo de Carvalho, considera o "guru ideológico" do presidente, faz duras críticas aos militares e aos parlamentares da base aliada do governo.

Leia também: Carlos Bolsonaro volta a atacar imprensa nas redes: "Escória do Brasil"

"Olavo sempre foi Olavo", escreveu Carlos Bolsonaro na legenda do vídeo, que tem pouco mais de seis minutos. Nas imagens, Olavo de Carvalho fala com a pessoa que está filmando e começa dizendo que a vida dele "virou um inferno" após a eleição de Bolsonaro e ataca a base aliada do presidente.

"Nada disso tem conserto. Pode vir mil Bolsonaros(...)É tanta intriga, tanta polêmica. Eu acho o Bolsonaro um mártir só de aguentar esses filhos da puta que tem em volta dele", diz o filósofo. "Esses caras estavam liderando a massa na rua e tão logo o Bolsonaro subiu que eles se candidataram a deputado, senador e legaram o povão", continua.

Você viu?

Ainda de acordo com o filósofo, os parlamentares "querem se tornar a elite e não derrubar a elite". Ele ainda compara o comportamento da base de Bolsonaro com o PT. "Tudo que eles querem é ficar em Brasília e embolsar o dinheiro do governo", atacou.

Leia também: Carlos Bolsonaro ataca jornal em rede social: "Ignoram tudo relacionado ao PT"

Ao dizer que o Brasil "não tem solução política" Olavo concorda com a ideia do interlocutor de "matricular os milicos no cofre". "Esse pessoal [militares] subiu ao poder em 1964, destruiu os políticos de direita e ai sobrou o que? Os comunistas e dai os comunistas tomaram o poder", disse. Ele ainda chamou os militares de "vaidosos".

Apesar de não ter endossado publicamente as palavras de Olavo de Carvalho no vídeo, Carlos Bolsonaro causou mal estar na ala militar do governo ao compartilhar as palavras do filósofo, que é desafeto declarado do vice-presidente Hamilton Mourão.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários