Alexandre de Moraes é o relator do inquérito que investiga ofensas e informações falsas contra magistrados do STF
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil - 22.3.2017
Alexandre de Moraes é o relator do inquérito que investiga ofensas e informações falsas contra magistrados do STF

O presidente Jair Bolsonaro parabenizou o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, por ter suspendido a censura imposta por ele à revista "Crusoé" e ao site "O Antagonista"por reportagem que cita o presidente da Corte, Dias Toffoli.  

Bolsonaro fez o comentário durante transmissão na internet na noite desta quinta-feira, pouco mais de uma hora após o ministro ter reconhecido que  novas informações comprovam que o documento mencionado pela revista na reportagem censurada, de fato, existe. Portanto, não haveria motivo para a suspensão do texto.

"O próprio ministro Alexandre de Moraes revogou aquela ação, aquele inquérito que foi aberto para investigar pessoas que porvetura estivessem fazendo 'fake news e também aquela matéria na revista "Crusoé" sobre o presidente do Supremo. Se for verdade isso, parece que é, parabéns ao Alexandre de Moraes", disse Bolsonaro.

Você viu?

Na transmissão feita com a ajuda do filho Carlos Bolsonaro diretamente do Guarujá (SP), onde passa o feriado prolongado no Forte dos Andradas, o presidente voltou a repetir que a imprensa precisa existir para que "a chama da democracia não se apague." A frase já havia sido dita por ele pela manhã durante evento pelo Dia do Exército, em São Paulo.

"É aquela velha história: melhor uma imprensa capengando, que não ter imprensa. Então, logicamente, da minha parte quero sim conversar com a imprensa", disse Bolsonaro, afirmando que está de "namoro" com a cobertura jornalística. "Imprensa brasileira, tamo junto hein? Tenho certeza que esse namoro, esse braço estendido, estará sempre à disposição de vocês", disse.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários