Tamanho do texto

Atrás de Moro aparecem Paulo Guedes e Damares Alves. Os demais ministros são desconhecidos para a maioria da população

Sergio Moro
Marcos Corrêa / PR
Sérgio Moro espera que pacote anticrime seja votado rapidamente na Câmara

De acordo com pesquisa do Datafolha, o ministro Sergio Moro tem aprovação de 59% das pessoas como comandante do Ministério da Justiça e da Segurança Pública, enquanto 17% avaliam seu desempenho como regular, e 15% classificam sua atuação como ruim. Não souberam opinar 2%.

Conhecido por 93% dos entrevistados, Sergio Moro é o ministro mais bem avaliado entre os 22 do governo Bolsonaro . Além dele, apenas outros dois ministros são conhecidos pela maioria da população, Paulo Guedes e Damares Alves.

Leia também: Bolsonaro debocha de resultado da pesquisa Datafolha: "Não vou perder meu tempo"

O chefe da pasta da Economia é conhecido por 74% da população, tendo uma avaliação boa ou ótima para 30%, regular para 28%, e ruim ou péssima para 12%. Não opinaram 4%.

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos é conhecida por 57% dos brasileiros, e tem seu desempenho aprovado por 25%.

Os demais ministros não são conhecidos pela maioria dos entrevistados. Entre os menos populares está o ministro da Educação, Ricardo Vélez, que deve deixar o cargo na próxima na semana , e tem sua atuação aprovada por apenas 13% dos brasileiros.

Sergio Moro cria Twitter

selfie sergio moro
Reprodução/Twitter
Sérgio Moro publicou selfie no Twitter para "provar" identidade e virou piada

Ministro mais popular do governo, Sergio Moro agora está no Twitter. O ex-juiz federal criou a sua conta oficial nesta quinta-feira (4) e, segundo suas primeiras publicações, a intenção é de usar o canal para "divulgar os projetos e as propostas" da sua pasta. 

"Resolvi aderir ao twitter pois é um instrumento poderoso de comunicação. A ideia é divulgar os projetos e as propostas do Ministério da Justiça e Segurança Pública ", escreveu.

O Twitter vem sendo usado como canal de comunicação oficial do governo Bolsonaro. Além de  Sergio Moro , o próprio presidente da República, Jair Bolsonaro, é uma figura que está frequentemente online na rede social.