Tamanho do texto

Evento reuniu mais de 2 mil pessoas, de acordo com o partido; dinheiro será utilizado para pagar a defesa do ex-presidente, preso no âmbito da Lava Jato

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Ricardo Stuckert
Leilão com fotos do ex-presidente Lula arrecadou R$ 623.900 para o PT

Um evento organizado pelo Partido dos Trabalhadores (PT) leiloou 50 fotos autografadas pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. De acordo com o partido, foram arrecadados R$ 623.900.

Leia também: Toffoli adia julgamento sobre prisão após segunda instância no STF

Ainda segundo o PT , o dinheiro será encaminhado ao Instituto Lula e será utilizado para pagar os honorários da defesa do ex-presidente, que está preso desde 7 de abril do ano passado por ter sua condenação confirmada pelo Tribunal Regional Federal (4ª Região), que impôs pena de 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá (SP). O petista está detido na Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba, no Paraná.

Algumas das fotos são de autoria de Mônica Zarattini, organizadora do "Leilão Lula Livre ", como foi batizado o evento. A profissional acompanhou as campanhas do ex-presidente desde 1989, quando Lula chegou ao segundo turno das eleições, mas acabou sendo derrotado por Fernando Collor. De acordo com ela, outros 42 profissionais contribuiram com fotografias do petista.

Leia também: Bolsonaro diz que vai lutar pela prisão para condenados em segunda instância

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, comemorou o alta arrecadação do evento nas redes sociais. "Leilão de fotos de Lula tem 2 mil participantes e arrecada R$ 623.900,00 com a venda de 50 fotos! Valor superou em 9,5 vezes a soma do lance mínimo", celebrou. 

Quem também falou sobre o evento promovido pelo PT foi o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto. que também é réu na Operação Lava Jato. "[Lula] há mais de 40 anos serve ao povo brasileiro, diferente dessa imagem que está sendo passada de que ele se serviu do povo brasileiro", disse Okamoto;

    Leia tudo sobre: Lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.