Tamanho do texto

Presidente comemorou a "rápida e eficiente ação contra 25 bandidos fortemente armados" dos agentes da Rota; nenhuma vítima ficou ferida

Jair Bolsonaro  com uma arama
Reprodução/Redes Sociais de Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro parabenizou policiais pela ação que culminou na morte de onze suspeitos de assalto

O presidente Jair Bolsonaro celebrou, nas redes sociais, a ação da Polícia Militar do Estado de São Paulo, que culminou na morte de 11 suspeitos que tentaram assaltar dois bancos simultanemente no município de Guararema localizado na Região Metropolitana de São Paulo.

Leia também: Assalto a bancos faz reféns e acaba em tiroteio com onze mortes em Guararema

"Parabéns aos policiais da ROTA (PM-SP) pela rápida e eficiente ação contra 25 bandidos fortemente armados e equipados que tentaram assaltar dois bancos na cidade de Guararema e ainda fizeram uma família refém. 11 bandidos foram mortos e nenhum inocente saiu ferido. Bom trabalho", escreveu Bolsonaro .




O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), também celebrou o trabalho dos agentes. "Bandidos que usam escopetas, fuzis e metralhadoras não saem para passear. Eles saíram para assaltar e fazer vítimas. Estão de parabéns os policiais que agiram e colocaram no cemitério os bandidos", disse o tucano, que ainda prometeu uma homenagem aos policiais. 

"No próximo dia 10 vamos homenagear estes e outros policiais que defenderam o cidadão e o patrimônio público agindo contra bandidos", prometeu o governador.

Entenda o tiroteio em Guararema

Ação da polícia em Guararema
Reprodução/WhatsApp - 4.4.19
Integrantes de quadrilha foram mortos pela polícia durante tentativa de assalto em Guararema (SP)

De acordo com a Polícia Civil, ao todo, eram 30 criminosos envolvidos na ação. O assalto, porém, foi interceptado pela polícia, não chegou a ser concluído e terminou em tiroteio. Pelo menos onze dos assaltantes acabaram mortos. Um suspeito ainda foi preso.

Leia também: Quadrilha explode caixa eletrônico em Guararema

Segundo as informações reveladas pela TV Globo na manhã de hoje, um dos criminosos morreu ao tentar fazer uma família refém durante a fuga. Ele acabou baleado e as vítimas foram liberadas em segurança.. Todo o episódio em Guararema aconteceu às 4h, na estrada municipal Doutor Hércules Campagnoli, região central da cidade.

Dos onze mortos, oito foram atingidos por balas durante troca de tiros com a polícia no local. Além do morto que fez reféns, ainda houve um criminoso que morreu em um matagal e um em outro trecho da estrada onde a Rota fez bloqueio.

De acordo com os policiais, a  quadrilha chegou ao local em vários carros e tentou roubar os caixas dos bancos do Brasil e do Santander, que ficam próximos um do outro. O Banco do Brasil, inclusive, fica localizado ao lado da delegacia do município.

Leia também: Rádio é assaltada durante transmissão ao vivo; veja vídeo

Foram instaladas bombas em ambas as agências. O  Banco do Brasil  foi parcialmente destruído, mas os explosivos colocados no banco Santander não chegaram a ser detonadas. Por fim, os criminosos também metralharam a fachada de uma loja.

Apesar das mortes, o restante da quadrilha conseguiu fugir da polícia em dois carros. Os veículos trafegaram pelas estradas rurais e os criminosos estão sendo procurados pela polícia de Guararema . Os criminosos também abandonaram um terceiro veículo em frente às agências e as autoridades agora investigam a sua procedência e se há bombas em seu interior.