Tamanho do texto

Os dois deverão discutir temas econômicos, comerciais, políticos e de segurança; Bolsonaro fará 'maratona' de reuniões nos próximos dias

Bolsonaro recebeu o presidente paraguaio Mario Abdo Benítez em Brasília
Agência Brasil
Bolsonaro recebeu o presidente paraguaio Mario Abdo Benítez em Brasília

O presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, foi recebido na manhã desta terça-feira (12) pelo presidente Jair Bolsonaro, em Brasília, em uma visita oficial de Estado. A cerimônia de chegada começou com revista às tropas e subida da rampa do Palácio do Planalto.

Leia também: Joice diz que ainda não é hora de Bolsonaro baixar o tom na web: "Choro é livre"

Após os cumprimentos e apresentação das delegações, os dois chefes de estado seguiram para um encontro privado. Em seguida, haverá uma reunião ampliada com os ministros e outras autoridades. A previsão é que  Bolsonaro e Abdo façam uma declaração à imprensa, no final da manhã, antes de seguirem para o Palácio Itamaraty, onde será oferecido um almoço à delegação paraguaia, que embarca ainda hoje de volta à capital Assunção.

Na pauta de discussões estão, entre outros assuntos, estão renegociação do Anexo C do Tratado de Itaipu, segurança de fronteira e cooperação comercial. Mais cedo, no Twitter, Bolsonaro destacou o objetivo do objetivo do encontro. “[Queremos] fomentar nossos laços com um de nossos maiores parceiros econômicos vizinhos, além de possibilitar desenvolvimento nas áreas de infraestrutura e preocupações compartilhadas em relação a segurança.”

Também pelo Twitter, Abdo anunciou sua chegada a Brasília e a disposição em discutir questões da agenda bilateral, que coincidem "com as visões e prioridades" dos dois governos.

Essa é a segunda visita oficial de um chefe de Estado desde a posse de Bolsonaro. No dia 16 de janeiro, o presidente brasileiro recebeu o argentino, Mauricio Macri.

Leia também: Bolsonaro publica vídeo obsceno no Twitter e sugere que cena é comum no Carnaval

O encontro com Abdo dá início a uma série de encontros bilaterais entre o presidente Jair Bolsonaro e outros chefes de Estado. Bolsonaro tem uma agenda internacional intensa programada para começar na segunda quinzena de março e se estender até o próximo semestre.

Inicialmente, o presidente vai se encontrar com Donald Trump  , nos Estados Unidos. Na sequência, Bolsonaro segue para o Chile, onde se reunirá com Sebastián Piñera e, em seguida, ele vai para Israel, onde encontrará Benjamin Netanyahu poucos dias antes das eleições no país na qual Netanyahu busca a reeleição.

Além disso,  há viagens programadas também para o Japão e a China. Nos encontros, Bolsonaro deve tratar desde a crise na Venezuela ao incremento das relações econômicas e comerciais

Bolsonaro também já se encontrou com Juan Guaidó, autodeclarado presidente interino da Venezuela e reconhecido pelo Brasil. Guaidó veio a Brasília para discutir a ajuda humanitária e a situação da Venezuela. O líder oposicionista venezuelano também se reuniu com o presidente paraguaio Mario Abdo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas