Tamanho do texto

Bia Doria usou redes sociais para manifestar repúdio a suposto vídeo de sexo de seu marido: "Meus filhos foram machucados, minha família foi atacada"

Bia Doria gravou vídeo ao lado do marido após polêmica com suposto vídeo íntimo nesta semana
Reprodução
Bia Doria gravou vídeo ao lado do marido após polêmica com suposto vídeo íntimo nesta semana

Bia Doria, esposa do candidato a governador João Doria (PSDB), usou as redes sociais nesta sexta-feira (26) para se manifestar a respeito do vídeo íntimo atribuído ao tucano, que viralizou na semana ao longo desta semana .

Em texto publicado no Facebook e no Instagram, Bia Doria  mencionou seus três filhos com o ex-prefeito e classificou a divulgação do suposto vídeo íntimo como um "ataque da pior espécie".

"Há situações na vida em que somos colocados à prova. Quando nos atacam pessoalmente, nos insultam, a força que existe em nosso âmago nos obriga a reagir. Mas, neste momento em que a disputa eleitoral atinge o patamar mais vil, quando atacam a minha honra, a minha família e, prinicpalmente, os meus filhos menores, tenho certeza de que o cenário político está moralmente deteriorado", escreveu a artista plástica.

"Mais uma vez, somos alvos de detratores que não conhecem o que é o amor, ignoram o respeito à família e acham que o vale-tudo eleitoral justifica ataques da pior espécie. Pessoas que usam meios espúrios para conquistar um cargo político não possuem respeito, dignidade ou brio. Meus filhos foram machucados, minha família foi atacada. É hora de um basta!", finalizou.

A equipe de João Doria já  recorreu à Justiça Eleitoral para cobrar investigação sobre a autoria do vídeo. Os advogados da campanha do tucano apresentaram laudo pericial que aponta a existência de "montagens claras" para "fazer com que a figura retratada na cena se pareça com Doria".

Bia Doria já havia gravado vídeo ao lado do marido no mesmo dia em que o vídeo íntimo começou a circular nas redes sociais. Naquela ocasião, no entanto, apenas João Doria falou. "Lamento muito que a campanha tenha chegado a esse nível de ferir a nossa família, de ferir um conceito que eu sempre preservei. Refuto isto com toda a minha energia", disse o tucano, que também se comparou ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL). "Bolsonaro também tem sofrido ataques de todos os tipos. Nós resistiremos. Resistiremos por São Paulo. E ao defender São Paulo, defendemos a nossa família", concluiu.

Leia também: Manifestantes são presos por cartazes em alusão a suposto vídeo de Doria em SP

Vídeo íntimo atribuído a João Doria viralizou nesta semana; perícia aponta
Reprodução
Vídeo íntimo atribuído a João Doria viralizou nesta semana; perícia aponta "montagem clara"