Tamanho do texto

Campanha do político da Democracia Cristã afirma que o carro em que Costa e Silva estava foi vítima de uma emboscada na cidade de Ribeirão Pires (SP)

Carro do candidato Major Costa e Silva sofreu ataque a tiros; ele passa bem
Divulgação
Carro do candidato Major Costa e Silva sofreu ataque a tiros; ele passa bem

Candidato ao governo do estado de São Paulo pela Democracia Cristã (DC), Major Costa e Silva foi vítima de uma emboscada na Estrada Cooperativa, em Ribeirão Pires, na Grande São Paulo, na noite desta quarta-feira (3), por volta das 21h. 

Costa e Silva e seu coordenador de campanha, o capitão Hamilton da Silva Munhoz,  sofreram escoriações e estão fora de perigo. Eles foram encaminhados para o hospital Santa Helena, na cidade de Santo André e onde passaram a noite internados.

Leia também: Debate para governador de São Paulo é marcado por generalidades e acusações

Segundo o relato publicado nas redes sociais do candidato ao governo de SP , o carro em que ele estava foi fechado por dois motociclistas, que dispararam contra o veículo, uma Pajero prata. Munhoz, que estava dirigindo, foi atingido, mas acabou protegido pelo colete à prova de balas. O candidato atirou contra os criminosos, mas não conseguiu acertá-los.

“Convoco todos a uma corrente de oração em proteção de todos que lutam nesse momento contra essa organização criminosa e poderosa que se fez dona de nossa Pátria através do aparelhamento do sistema político", publicou o candidato, perto das 23h de ontem, em sua página no Facebook. "Sangue justo começou a ser derramado, mas todos que empunharam suas espadas estão dispostos ao sacrifício pela limpeza desta nação". 

Leia também: A duas semanas das eleições, 12 candidatos a governador podem vencer no 1º turno

Os pneus do veículo também foram atingidos pelos tiros e o carro caiu em um córrego. Ainda segundo a publicação da campanha do candidato, o político e seu coordenador de campanha precisaram atirar contra o parabrisa do veículo para escapar. Os dois foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e levados para o pronto-socorro Santa Helena. 

De acordo com o boletim de ocorrência, os dois voltavam de um evento em Mauá quando foram surpreendidos pelo  ataque . “Os ocupantes do veículo revidaram aos disparos e desviaram o carro para um acostamento. O veículo acabou parando num brejo e está semi afundado”, diz o documento.

Leia também: Às vésperas da eleição 2018, líderes têm mais rejeição que intenções de voto

Na última pesquisa Ibope, o Major Costa e Silva era o quinto colocado, com apenas 3% das intenções de voto. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.