undefined
Reprodução / Facebook
Maria Tuca Santiago, administradora de página contra Bolsonaro, foi agredida por homens armados no Rio de Janeiro

Maria Tuca Santiago, filiada ao PSOL, foi atacada por três homens armados com pistolas no Rio de Janeiro. Ela foi agredida com socos e teve o celular roubado. Além de militar pelo PSOL, tuca é administrado de página contra Bolsonaro nas redes sociais, e uma das organizadoras dos atos contra o candidato marcados para o dia 29 de setembro.

Leia também: Economistas, advogados e ativistas assinam manifesto contra Bolsonaro

Os homens viam em um taxi quando pararam Tuca na rua para agredi-la. A administradora de página contra Bolsonaro , mobilizada em torno do termo “#MulheresContraBolsonaro”, foi atendida no hospital municipal Evandro Freire, na Ilha do Governador, e se encontra bem. Depois do atendimento, ela se encaminhou para a 3ªa Delegacia de Polícia, onde prestou depoimento e fez um exame de corpo de delito.

Tuca já havia sido ameaçada antes por seguidores de Bolsonaro . Em uma panfletagem na cidade, um homem tomou os papeis de sua mão e, com a mão em formato de arma – imitando o gesto do líder do PSL -, gritou palavras de ordem contra ela.

Leia também: Economista de Bolsonaro propõe imposto similar à CPMF e alíquota única para IR

Por meio de nota, a assessoria do PSOL cobrou que o caso seja minuciosamente investigado. "A Executiva Nacional do PSOL repudia essa agressão covarde e exige das autoridades apuração e punição imediata contra os autores desse ato. Nos colocamos ao lado dos que defendem uma eleição livre de agressões e violência. Temos certeza de que as mulheres não se intimidarão com mais agressão e farão do dia 29 um marco histórico contra o machismo e a intolerância".

O partido destacou, também, a atuação política de Tuca. "Ela é uma figura conhecida aqui por suas posições, trabalha em projetos sociais em comunidades, como capacitação profissional de jovens. Neste momento trabalhava pela reabertura da maternidade da Ilha do Governador”.

Tuca, a administradora de página contra Bolsonaro , é também coordenadora da campanha do candidato à deputado estadual pelo Rio de Janeiro Sérgio Ricardo Verde.

Leia também: Bolsonaro é "ameaça para o Brasil e para a América Latina", diz The Economist

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários