Tamanho do texto

Cinco candidatos fizeram o registro no Tribunal Superior Eleitoral nesta quarta-feira (15); propaganda eleitoral começa nesta quinta-feira (16)

Nas convenções nacionais, 13 candidatos foram indicados por partidos à presidência da República nas eleições 2018
iG São Paulo
Nas convenções nacionais, 13 candidatos foram indicados por partidos à presidência da República nas eleições 2018

Todos os 13 presidenciáveis que tiveram os seus nomes aprovados em convenções partidárias realizaram o registro das candidaturas para as eleições 2018. O prazo para apresentar o pedido ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) terminava nesta quarta-feira (15), às 19h. 

Pela manhã, a candidata Marina Silva (Rede) e o ex-ministro Henrique Meirelles (MDB) fizeram seus registros. Já no fim da tarde, o candidato João Vicente Goulart (PPL), o candidato José Maria Eymael (DC) e o  ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) também apresentaram os pedidos para participar das eleições 2018 .

Outros oito  presidenciáveis  já haviam feito os seus registros no TSE. Em ordem alfabética, são eles: Alvaro Dias (Podemos), Cabo Daciolo (Patriota), Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB), Guilherme Boulos (PSOL), Jair Bolsonaro (PSL), João Amoêdo (Novo) e Vera Lúcia (PSTU).

Leia também: Militantes pró-Lula se reúnem em Brasília para registro de candidatura

Durante as convenções nacionais, foram confirmadas, no total, 14 candidaturas à Presidência da República. No entanto, a então candidata a encabeçar a chapa do PCdoB, a deputada Manuela D'Ávila, retirou sua candidatura como cabeça de chapa e decidiu, por meio de um acordo, compor a chapa do PT – saindo como candidata a vice, seja com Lula ou com o plano B dos petistas.

Segundo o partido, apesar de preso em Curitiba, o ex-presidente Lula será levado ao TSE como candidato da legenda. O ex-prefeito da capital paulista Fernando Haddad tem se apresentado como porta-voz do petista e deve assumir o seu posto caso a candidatura do ex-presidente seja barrada no TSE. 

Propaganda nas eleições 2018

A propaganda eleitoral em comício, carreata e distribuição de material impresso das eleições 2018 começa nesta quinta
Elza Fiúza/ ABr
A propaganda eleitoral em comício, carreata e distribuição de material impresso das eleições 2018 começa nesta quinta

Começa, já nesta quinta-feira (16), a propaganda eleitoral em comício, carreata, distribuição de material impresso e propaganda na internet, desde que não paga, como sites próprios. De acordo com a legislação, o uso de auto-falantes e equipamentos de som só poderá ocorrer das 8h às 20h.

Leia também: Com tom heroico, PT publica vídeo oficial que compara Lula aos 'Vingadores'

Em compensação, o horário eleitoral gratuito, no rádio e na TV, junto às propagandas em meio à programação televisiva e radiofônica, nas eleições 2018 , só começa no dia 31 de agosto, após a elaboração de plano de mídia por parte dos partidos, da Justiça Eleitoral e das emissoras.

* Com informações da Agência Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.