Tamanho do texto

Em vídeo publicado no seu Twitter, o deputado federal e pré-candidato à Presidência da República negou que tenha planos de se ausentar dos debates

'Não houve, até o momento, nenhum debate! Do que eu tô fugindo?', perguntou Jair Bolsonaro, em vídeo publicado ontem
Wikimedia Commons
'Não houve, até o momento, nenhum debate! Do que eu tô fugindo?', perguntou Jair Bolsonaro, em vídeo publicado ontem

Em resposta às notícias divulgadas pela imprensa na última sexta-feira (22), o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL), pré-candidato à presidência da República, publicou na noite desta segunda-feira (26), em sua página do Twitter, um vídeo em que afirma que vai, sim, participar de todos os debates entre os candidatos presidenciáveis da  eleição de 2018

O vídeo vem à tona depois que o jornal O Globo afirmou que Jair  Bolsonaro adotaria a estratégia de não participar dos tradicionais debates televisionados entre os candidatos no primeiro turno das eleições . Assim, o deputado evitaria, segundo o jornal, que suas ideias e propostas fossem exploradas pelos demais presidenciáveis. 

"Mais um fake news da imprensa e dos canalhas! A VERDADE SOBRE OS DEBATES", disse o pré-candidato do PSL, enquanto publicava um vídeo no Twitter. Em sua publicação, o deputado federal afirmou ainda que o vídeo em questão havia sido gravado há "muitos dias".

No vídeo, Bolsonaro revela que a informação divulgada pela imprensa não tem fundamentos, pois 'não falou com ninguém'. "A imprensa tem dito que não comparecerei a debates, diz que estou fugindo dos debates. Não houve, até o momento, nenhum debate ! Do que eu tô fugindo?", disse. 

Leia também: PGR denuncia Jair Bolsonaro por racismo e seu filho por ameaças à jornalista

"Compareceremos a todos, sim! Pode ter certeza! Até porque levaremos propostas factíveis que vocês acreditam que possam ser atendidas", avisou o deputado, no final da gravação.  

Debates podem quebrar a 'maré Bolsonaro'

Ele se tornou célebre por sustentar opiniões controversas sobre temas como segurança pública, direitos humanos, representatividade de minorias, saúde, educação e economia, assuntos que fatalmente virão à tona nos debates.

Internamente, todas as campanhas que buscam a presidência consideram que a candidatura do deputado federal pode não ter a consistência que vem demonstrando até aqui. A tese é que, uma vez que Jair Bolsonaro tenha que defender suas ideias perante os adversários, o pré-candidato possa se complicar e perder boa parte de seus apoiadores.

Leia também: Sem Lula, Bolsonaro lidera corrida presidencial e Ciro é principal adversário

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.