Tamanho do texto

Lula redigirá desde a prisão comentários sobre partidas da Copa, que serão lidos em programa de Trajano na TVT, canal do Sindicato dos Metalúrgicos

Lula irá comentar na TVT jogos da Copa do Mundo
Divulgação/Instituto Lula
Lula irá comentar na TVT jogos da Copa do Mundo

A Copa do Mundo de 2018 contará com um imprevisto comentarista: Luiz Inácio Lula da Silva. O ex-presidente petista redigirá desde a prisão comentários diários sobre as partidas na Rússia para serem lidos no programa “Papo com Zé Trajano”, do jornalista que trabalhou por muitos anos no canal esportivo ESPN.

Leia também: ‘Quebra de lealdade’, diz ministro sobre relatório da PF que cita Temer

O programa estreia na segunda-feira (18), às 18h15, na TVT , emissora televisiva do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC Paulista, região em que  Lula se projetou nacionalmente. Ele irá ao ar de segunda a sexta, sempre no mesmo horário. O anúncio foi feito na página de José Trajano nas redes sociais online.

Crítico ferrenho da prisão de Lula, José Trajano já havia entrevistado o ex-presidente antes dele ser preso. Os comentários do petista em seu programa serão convenientes para ambos: para Trajano, pelo inusitado comentarista, e para Lula pela exposição continuada em período pré-eleitoral.

Fã confesso de futebol, Lula assistiu ao jogo inaugural da Copa do Mundo 2018 , Rússia versus Arábia Saudita, acompanhado de seus filhos e noras. Por contar com uma televisão na cela em que está encarcerado, o ex-presidente deverá acompanhar os demais jogos da competição.

Leia também: Moro impede uso de provas da Lava Jato contra empresas delatoras

Batalha judicial prossegue

A defesa do ex-presidente Lula questiona, no Supremo Tribunal Federal (STF) e no Superior Tribunal de Justiça (STJ), os ritmos distintos com que o TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª região, a segunda instância da Lava Jato em Curitiba), apreciou as acusações contra o líder petista e, agora, os recursos, contra a sentença.

Ao todo, o TRF-4 levou 42 dias para apreciar a condenação proferida pelo juiz Sergio Moro contra Lula – o relator do processo precisou de 36 dias para analisar o texto, e o parecerista levou somente 6 dias para concluir sua revisão.

Já os recursos apresentados pela defesa do ex-presidente Lula contra a condenação levaram também 42 dias apenas para aparecerem no sistema eletrônico do Ministério Público.

Não há previsão para quando eles serão julgados no tribunal. Até lá, o líder petista seguirá preso em Curitiba. Para os advogados, a diferença de tratamento aponta para a seletividade dos juízes e para a sanha condenatória contra Lula , numa suposta tentativa de afastá-lo das eleições de outubro.

Leia também: Papa Francisco envia rosário a Lula, mas assessor é impedido de fazer visita

    Leia tudo sobre: lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.