Tamanho do texto

Manifestação durou cerca de seis horas e contou com a participação de artistas globais e cantores que são contrários à gestão de Michel Temer

Durante o protesto deste domingo, manifestantes puderam assistir a shows de artistas que são contrários ao governo Temer
Divulgação/Diretas Já
Durante o protesto deste domingo, manifestantes puderam assistir a shows de artistas que são contrários ao governo Temer

Milhares de manifestantes passaram este domingo (28) na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, pedindo a saída de Michel Temer (PMDB) da Presidência do Brasil e exigindo eleições diretas.

Leia também: Ao lado de artistas, manifestantes fazem ato por eleições diretas em Copacabana

A manifestação, que começou por volta das 11h, durou por volta de seis horas. Além de gritos com palavra de ordem e bandeiras, os manifestantes puderam também assistir a shows de artistas que são contrários ao governo Temer .

O ato ' Diretas Já ' contou com a participação de deputados de partidos da oposição como PSB, PSOL, Rede e PT. Além deles, artistas como Daniel de Oliveira, Sophie Charlotte e o escritor Gregório Duvivier estiveram entre os manifestantes.

Para incentivar a participação popular na manifestação, atores como Fábio Assunção, Wagner Moura, Lúcio Mauro Filho e Camila Pitanga gravaram – e divulgaram nas redes sociais – vídeos clamando pela eleição direta e chamando o público para as ruas.

Embora a Polícia Militar não tenha divulgado o número estimado de pessoas que tenha participado do ato em Copacabana , os organizadores falaram em mais de 150 mil pessoas.

Leia também: Escândalo no Congresso Nacional: afinal, o que acontece se Temer cair?

Os cantores Milton Nascimento, Caetano Veloso, Mano Brown, Criolo, Cordão da Bola Preta, Otto, Maria Gadu, Martnália, Pretinho da Serrinha, Teresa Cristina, Digitaldubs e Bnegão, e Pedro Luis tocaram no evento.

Milton Nascimento cantou no ato em Copacabana para os – segundo os organizadores – mais de 150 mil manifestantes
Divulgação/Diretas Já
Milton Nascimento cantou no ato em Copacabana para os – segundo os organizadores – mais de 150 mil manifestantes

O policiamento foi reforçado no entorno da manifestação, com integrantes do Batalhão de Policiamento em Grandes Eventos.

Além disso, o trânsito da Avenida Atlântica precisou ser desviado para a Avenida Nossa Senhora de Copacabana, causando leve retenção no tráfego, mas sem maiores problemas.

Eleições diretas ou indiretas

Atualmente, caso o presidente caia, a Constituição Federal direciona para eleições indiretas, ou seja, o Congresso escolheria o nome de quem tomaria conta da Presidência do País até 2018.

Para que haja a possibilidade de uma eleição a partir da escolha do povo, uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que altere a Constituição deve ser aprovada antes do cargo de Temer ficar à disposição.

Leia também: Deputados da oposição insistem em debater PEC que prevê eleições diretas

* Com informações da Agência Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.