Tamanho do texto

Ministério Público Federal solicitou as conversas entre a torre de controle e o piloto da aeronave, que caiu nesta quinta-feira, matando o ministro do STF

Avião caiu com o ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), e mais quatro pessoas
Reprodução/Twitter
Avião caiu com o ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), e mais quatro pessoas

O Ministério Público Federal (MPF), em Angra dos Reis, solicitou à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e ao Comando da Aeronáutica as gravações das conversas entre a torre de controle e o piloto do avião que caiu na quinta-feira (19) à tarde no litoral sul do Rio de Janeiro, matando o ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), além de mais quatro pessoas.

"Jamais o esqueceremos", diz ministro Luiz Fux sobre colega Teori Zavascki

No acidente desta quinta-feira, morreram também o empresário Carlos Alberto Fernandes Filgueiras, amigo de Teori Zavascki ; o piloto, Osmar Rodrigues; e duas mulheres, a massoterapeuta Maira Lidiane Panas Helatczuk e a mãe dela, Maria Hilda Panas.

A procuradora da República Cristina Nascimento de Melo, designada como responsável pela investigação em Angra dos Reis, solicitou também documentos relativos à manutenção da aeronave, um bimotor modelo Beechcraft C90GT King Air.

A Polícia Federal (PF) e a Força Aérea Brasileira (FAB) também informaram ter aberto investigações para esclarecer os motivos da queda do avião.

Atraso na Lava Jato dá ao governo janela para aprovar reformas, diz consultoria

Acidente e morte

Na quinta-feira (19), um avião bimotor caiu em Paraty, na região da Costa Verde fluminense. De acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), a aeronave decolou às 13h01 do Campo de Marte, em São Paulo, com destino a Paraty, com quatro pessoas a bordo.

A Marinha, por meio do Comando do 1º Distrito Naval, informou que tomou conhecimento por volta das 13h45 da queda da aeronave. Imediatamente, a Agência da Capitania dos Portos em Paraty enviou ao local do acidente uma equipe, a fim de prestar apoio na busca aos tripulantes da aeronave.

A morte de Teori Zavascki foi confirmada pelo filho do ministro do STF, Francisco Prehn Zavascki. Ele publicou no Twitter uma mensagem em que anunciava o falecimento do pai, que tinha 68 anos e era ministro do Supremo Tribunal Federal desde maio 2012, quando foi nomeado pela então presidente do País Dilma Rousseff.

+  Teori havia interrompido férias para analisar delações premiadas da Odebrecht

Anteriormente, em dezembro de 2002, Teori Zavascki havia sido indicado por Fernando Henrique Cardoso para ser ministro no Superior Tribunal de Justiça (STJ), sendo nomeado por Luiz Inácio Lula da Silva no ano seguinte (2003).

* Com informações da Agência Brasil