Motorista perdeu controle do veículo, que tombou em São Luiz do Paraitinga, no Vale do Paraíba
Bombeiros
Motorista perdeu controle do veículo, que tombou em São Luiz do Paraitinga, no Vale do Paraíba

ônibus de turismo que tombou com 66 passageiros na rodovia Oswaldo Cruz (SP-125) sentido Ubatuba, na altura de São Luiz do Paraitinga, no Vale do Paraíba, na manhã do último sábado (13), não tinha autorização para operar entre Estados, segundo a a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Cinco pessoas morreram no local durante o resgate, entre elas uma criança, e outra chegou a ser socorrida na Santa Casa de Ubatuba, mas não resistiu.

O veículo operado pela empresa Andreatur tombou na altura do quilômetro 75,8. Além das seis vítimas fatais, outras 48 pessoas foram atendidas por equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Doze passageiros saíram ilesos.

De acordo com a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), a Andreatur é autorizada a fazer viagens intermunicipais dentro do estado de São Paulo até 2025. Segundo a Artesp, a Andreatur comunicou que a viagem seria feita entre a capital paulista e Ubatuba. O destino final do ônibus, no entanto, estava previsto para ser Paraty, no Rio de Janeiro.


A Agência Nacional de Transportes Terrestres diz que o ônibus "não poderia estar operando" entre Estados. O véiculo está inativo no sistema de habilitação da ANTT. A Andreatur ainda não se pronunciou sobre a situação.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários