Justiça: França quer que Doria explique acusação de divulgação de vídeo íntimo
Reprodução
Justiça: França quer que Doria explique acusação de divulgação de vídeo íntimo

Márcio França (PSB), ex-governador de São Paulo, foi acusado pelo atual  governador João Doria (PSDB) de ter espalhado vídeos que seriam de suposto cunho íntimo do tucano. Na época, Doria afirmou que o vídeo não era verdadeiro e questionou a autenticidade do material. As informações são da jornalista Mônica Bergamo.

O 'vazamento' ocorreu em outubro de 2018, há dois dias das eleições para decidir qual candidato comandaria o Palácio dos Bandeirantes. França nega a acusação de Doria de possuir envolvimento na produção e divulgação do material.

"O presente pedido de explicações está fundado na provável existência de crimes contra a honra, nas espécies de calúnia, difamação e injúria", relata o oífico encaminhado à Justiça paulistana.

Já o advogado de França, porém, ressalta que pretende ouvir as mulheres que aparecem no vídeo - na condição de testemunha - "para que elas ajudem a desvendar quem estava na cena, qual era o local e quando isso aconteceu".


Durante oo podcast Inteligência LTDA, em julho deste ano, Doria afirmou que "foi o tal do Marcio Cuba [que divulgou o suposto vídeo de Doria], esse Márcio França. Esse é um desqualificado completo", ratificou o atual governador.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários