Escritor foi morto no dia 10 de outubro
Reprodução/ Globo
Escritor foi morto no dia 10 de outubro


O assassinato do escritor e capoeirista dominicano Leuvis Manuel Olivero, de 38 anos, é investigado pela Polícia Civiil do Rio de Janeiro. Ele foi morto no último dia 10, em uma rua na Barra da Tijuca.


Segundo o Correio Braziliense, testemunhas disseram que o homem andava pela rua quando um carro se aproximou e, de dentro do veículo, fizeram disparos contra ele. Atingido na cabeça e no abdômen, o escritor morreu antes que uma equipe do Corpo de Bombeiros chegasse ao local. A motivação do crime ainda é desconhecida.



Embora tenha nascido na República Dominicana, Olivero era cidadão americano e vivia no Brasil há quase 10 anos. De acordo com o G1, ele deixou um filho brasileiro e 11 livros publicados, um deles em homenagem à vereadora Marielle Franco, executada em março de 2018 num crime que também tirou a vida de seu motorista, Anderson Gomes . Até hoje a pergunta "quem mandou matar Marielle?" não foi respondida.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários